SOBRE O BLOGUEIRO

Minha foto
Antonina, Litoral do Paraná, Palestine
Petroleiro aposentado e petista no exílio, usuário dos óculos de pangloss, da gloriosa pomada belladona, da emulsão scott e das pílulas do doutor ross, considero o suflê de chuchu apenas vã tentativa de assar o ar e, erguido em retumbante sucesso físico, descobri que uma batata distraída não passa de um tubérculo desatento. Entre sinos bimbalhantes, pássaros pipilantes, vereadores esotéricos, profetas do passado e áulicos feitos na china, persigo o consenso alegórico e meus dias escorrem em relativo sossego. Comendo minhas goiabinhas regulamentares, busco a tranqüilidade siamesa e quero ser presidente por um dia para assim entender as aflições das camadas menos favorecidas pelas propinas democráticas.

domingo, 6 de maio de 2012

Bom dia, cavalos de Antonina!

Desde que me entendo por gente tenho essa mania de falar com cavalos:
 

- Bom dia, cavalo alazão!

- Boa tarde, cavalo baio!

- Boa noite, simpático pangaré!

Como é próprio eles jamais respondem, de modo que sigo trotando a carregar o peso da minha cavalar estultícia.


Na Câmara Municipal que já foi presidida pelo notável vereador Luis Carlos de Sousa, sindicalista e empresário de sucesso, o atual presidente Marcio Balera proclama que "...me resta por ora lamentar o comportamento da vereadora [Margarete Nascimento, do PT] e realmente analisar a conduta da mesma para com o Poder Legislativo em relação a quebra do decoro parlamentar."


Gostaria de livrar-me desta sina, mas não tem jeito:
 

- Bom dia, Cequinel!

3 comentários:

Diógenes Afonso disse...

Cumpadi Cequinel,

O que a vereadora do PT fez?

Bacucu com Farinha disse...

Em quatro anos ela fez:

1 Blog

6 Ofícios

8 Projetos

118 Requerimentos

1 Vista


Meu caro amigo Cequinel mudando se saco pra mala, gostaria de fazer um livro, poderia contar com a vossa colaboração?

Já tenho o nome e alguns rabiscos, o nome poderá ser: A evolução de um edil

Cequinel meu caro caçador de anônimos (vou fazer um filme disso ainda) veja bem, a história da edilidade guarapirocabana se confunde e se funde (digo funde)...,
...e se funde com a história da conexão...,

Permita-me clarear a sua aurora boreal..., tivemos no passado não tão distante.., um antropólogo que se chamava Tube, para ele era ponto pacífico a qualidade da evolução dos agrupamentos da edilidade, e que este agrupamento estava diretamente ligada ao desenvolvimento de seus laços conectivos. Aí a partir da criação de um espaço natural para o desenvolvimento do Homo-Edil (O Berro do Ipiranga), e o que se conseguiu? Dar estruturas sociais cada vez mais complexas e interativas, ou seja, concorrência entre eles...

...veja bem, com essa complexidade e interatividade do Homo-Edil, é que chegamos aos dias de hoje, vendo eles se expressando melhor, escrevendo melhor, e pasmem, até interagindo em computadores, coisa que não lhe era peculiar até dias desses..., lógico Cequinel que temos alguns Homos-Edis que não seguiram a cadeia evolutiva de sua raça, entretanto, não os impediram na evolução da criação. Percebendo o real interesse da humanidade guarapirocabana, e também por causa de “divergência ancestral” da linhagem de 'Angalapangaduquechinês' ocorrida cerca de sete milhões de anos atrás. Vendo o avanço nas conexões, e com isso vendo ser criados os tais iPhones e iPads, é que o nosso Homo-Edil solicitou através de uma proposição..., que fosse criado para os guarapirocabanos o iPim.

É óbvio que alguns antropólogos guarapirocabanos ainda discutem as causas da supremacia desse Homo-Edil sobre o Homo-Sapiens.
Mas, tudo indica que o Sapiens (do Latim “Sábio”), prevaleceu devido à sua maior capacidade de competir por recursos. Tudo a ver com conexão!

Bacucu com Farinha disse...

...Putz!!!... dando uma olhadela no meu rabisco é que percebi que escrevi mal para Carvalho...

...estava com pressa, porém não justifica alguns erros de concordância, espero que alguns Edis de plantão não utilize deste argumento para me encaçapar lá na frente... os erros de concordâncias já se tornaram uma constante em minha vida... rsss

'Antes de me despedir, deixo ao sambista mais novo, o meu pedido final... Não Deixem o Samba Morrer'...

Quero aproveitar aqui o seu "espaço" e mandar um abraço para a Xuxa, Luciano Hulk, Luciana Gimenes, Ratinho, Ioná Magalhães, Ioná Guimarães, Paulo do B, do C, do D, para o Curioso do Banco do Pau Murcho, Jô Soares, Patolino, Leão da Montanha, Bate-Fino, Hugo a Gogô, Malafaia (não, malafaia não, tenho nojo... uiiii), RR Soares (também não, dá azar), em fim, todos aqueles que tornaram e ainda tornam os nossos dias mais agradáveis, sem contar os políticos do Reino que... bom, deixa pra lá...

Valeu!!!