SOBRE O BLOGUEIRO

Minha foto
Antonina, Litoral do Paraná, Palestine
Petroleiro aposentado e petista no exílio, usuário dos óculos de pangloss, da gloriosa pomada belladona, da emulsão scott e das pílulas do doutor ross, considero o suflê de chuchu apenas vã tentativa de assar o ar e, erguido em retumbante sucesso físico, descobri que uma batata distraída não passa de um tubérculo desatento. Entre sinos bimbalhantes, pássaros pipilantes, vereadores esotéricos, profetas do passado e áulicos feitos na china, persigo o consenso alegórico e meus dias escorrem em relativo sossego. Comendo minhas goiabinhas regulamentares, busco a tranqüilidade siamesa e quero ser presidente por um dia para assim entender as aflições das camadas menos favorecidas pelas propinas democráticas.

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Só quero expressar minha dor e minha solidariedade a Henrique Pizzolato

Acabo de ouvir o voto do Ministro César Peluso, que condenou Henrique Pizzolato a 8 anos de prisão, em regime fechado.

Sem entrar no mérito das acusações contidas no processo, e sabendo que esta decisão ainda pode ser modificada pelo colegiado - e na verdade querendo mesmo que seja - afirmo aqui que lamento, mas lamento muito, que isto esteja a ocorrer com este meu amigo, hoje distante, por força das nossas circunstâncias.
 

Não poderia deixar sem registro minhas melhores lembranças de Pizzolato: em tempos de muitas dificuldades para construção da CUT e do PT, foi militante denodado, equilibrado, de atilada capacidade de formular,  companheiro de todas as horas.
 

Choro por você, meu amigo.
 

Receba meu abraço mais fraterno, mais apertado e incondicional. 

É só o que posso fazer, e é o que faço, e saiba que permanecemos todos maiores do que os erros que tenhamos cometido.

3 comentários:

Rosangela Basso disse...

Gostaria imensamente de sentir o que você sente. Infelizmente não sinto. Lembro muito bem porque ele "saiu" da presidência da CUT - PR. Fico triste, sim, pelo fim nacional que teve. Só quero registrar que, dificilmente, esqueço. E me pergunto, você esqueceu?

PAULO R. CEQUINEL disse...

Não esqueço, Rô, realmente não esqueço. Mas fico triste, sim, por ver um cara que teve a importância que ele teve pra nós ser condenado a prisão em regime fechado.
Trabalhei durante 5 anos aqui em Antonina assistindo presos.
Não desejo nem para meu mais filhodaputa inimigo uma coisa assim.
Apenas fiquei chocado. De uma certa forma foi como se eu mesmo estivesse sendo condenado.
Quando o Peluso falou dos oito anos, porra, desabei, e chorei.
Sem pensar muito, ainda sob o impacto imediato da sentença,quis apenas abraçar o Pizzolato. Só isso.
Escrevo isso, juro, chorando.
Putaqueospariu, o que fizeram com o PT?

Rosangela Basso disse...

Essa é a frase "Putaqueospariu, o que fizeram com o PT?" Fizeram o que deixamos. Quando e se te encontrar ao vivo e em cores te conto uma coisa que nunquinha esqueci e que me calei. É, meu companheiro, a gente está bacana, temos a oportunidade de continuar com o que a gente acredita. Isso é o que importa. E eu continuo chorando, mas acreditando que o mundo tem jeito. Vixe, chorando de saudades do nosso PT.