SOBRE O BLOGUEIRO

Minha foto
Antonina, Litoral do Paraná, Palestine
Petroleiro aposentado e petista no exílio, usuário dos óculos de pangloss, da gloriosa pomada belladona, da emulsão scott e das pílulas do doutor ross, considero o suflê de chuchu apenas vã tentativa de assar o ar e, erguido em retumbante sucesso físico, descobri que uma batata distraída não passa de um tubérculo desatento. Entre sinos bimbalhantes, pássaros pipilantes, vereadores esotéricos, profetas do passado e áulicos feitos na china, persigo o consenso alegórico e meus dias escorrem em relativo sossego. Comendo minhas goiabinhas regulamentares, busco a tranqüilidade siamesa e quero ser presidente por um dia para assim entender as aflições das camadas menos favorecidas pelas propinas democráticas.

sexta-feira, 25 de março de 2011

Valhala, cerveja grátis, vinhotes honestos: considerações sobre as diferentes propostas de paraísos

Eu visito Ateu Abençoado todos os dias

O Ornitorinco metido pede a palavra e lembra que Thor, o deus phodão dos vikings, garante que no Valhala - estupendo lugar para irmos depois da morte inevitável - as orgias serão diárias, com cerveja grátis, à vontade, e sem guardas com bafômetros, e sem pastores, padres, rabinos e aiatolás barbudos e espíritos supostamente santos para nos encher o saco com longas preleções como as que os pobres cristãos terão que suportar em seu paraíso feito de isopor, suco de chuchu e nuvens de gelo seco, com os padrecos bonitões cantando gospel-gosmento o dia todo. Sei não, meninos e meninas, sei não, estou aqui a pensar sobre inscrever-me no rol dos interessados neste formidável e prazeiroso céu definitivo dos guerreiros vikings, e direi que me chamo Paulovson Robertsöfesson Ceqüïnelströn. Vocês acham que tenho alguma chance? Será que posso trocar a cerveja por uns vinhotes honestos e baratos?

3 comentários:

Anônimo disse...

O seu deus é tão sinistro que morreu dando nove passos para trás.

Caiu como um saco de batatas.

O Meu morreu e ressuscitou no terceiro dia.

O seu? continua morto?



Anônimo disse...

não existe religião correta, existe a ciência.

Júlio César Valente disse...

não existe a religião melhor, existe a religião que ensina o bem e a que prega guerra como essa.