SOBRE O BLOGUEIRO

Minha foto
Antonina, Litoral do Paraná, Palestine
Petroleiro aposentado e petista no exílio, usuário dos óculos de pangloss, da gloriosa pomada belladona, da emulsão scott e das pílulas do doutor ross, considero o suflê de chuchu apenas vã tentativa de assar o ar e, erguido em retumbante sucesso físico, descobri que uma batata distraída não passa de um tubérculo desatento. Entre sinos bimbalhantes, pássaros pipilantes, vereadores esotéricos, profetas do passado e áulicos feitos na china, persigo o consenso alegórico e meus dias escorrem em relativo sossego. Comendo minhas goiabinhas regulamentares, busco a tranqüilidade siamesa e quero ser presidente por um dia para assim entender as aflições das camadas menos favorecidas pelas propinas democráticas.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Primeiro, permitiu a construção. Agora, só depois que deu merda, prefeito de Guarulhos cassa licença de funcionamento de templo da Mundial

Copiei do indispensável Paulopes

Não sei porque esta postagem resultou formatada deste jeito, e os cagões em cristo que não comecem a achar que isso é o espírito santo ou o amapá obrando contra o Ornitorrinco. Tem já uns dias que essa porra desse blogger está a fazer merda.

Valdemiro só poderá usar o templo
após vistoria dos Bombeiros
O prefeito Sebastião Almeida (PT), de Guarulhos, na Grande São Paulo, cassou na sexta-feira (20) a licença de funcionamento de um megatemplo da IMPD (Igreja Mundial do Poder do Deus).

Nota da prefeitura informou que decisão se deve ao fato de o templo não ter AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) e que a licença só será restituída quando a Mundial adequar o local às exigências de segurança, incluindo o seu impacto no trânsito na região.


O templo foi inaugurado no dia 1º de janeiro, com a presença de aproximadamente 450.000 fiéis, embora tenha sido dimensionado para 30.000.


Parte de 3.000 ônibus de fiéis estacionou na pista da Rodovia Dutra, causando transtornos a quem se dirigia ao aeroporto de Cumbica, que fica na região.


Estima-se que naquele dia a igreja tenha obtido no dia R$ 4,5 milhões em dízimo dos fiéis.


Mesmo com o entupimento da Dutra, o prefeito Almeida chegou a elogiar
Valdemiro Santiago (foto), o chefe da Mundial, pela inauguração. A sua decisão de cassar a licença foi uma antecipação de medida que acaberia sendo decretada pela Justiça.

Valdemiro realizou no local uma vigília de fiéis no dia 13, embora a Justiça tivesse expedido uma liminar para que o templo não fosse usado. O pastor alegou que a decisão judicial foi anunciada em cima da hora, na tarde daquele dia.



Com informação do Guarulhos Notícias.

----------xxxxxxxxxx----------

O Ornitorrinco Ateu, Fiadaputa e Petista no Exílio pede a palavra para tecer alguns comentários. Vamos lá?

Vejamos.
Um prédio dimensionado para receber 30 mil pessoas não é, e admito liminarmente minhas poucas luzes, uma obrazinha sem importância que a fiscalização municipal possa desconhecer, não é mero puxadinho feito num final de semana em algum bairro da periferia, alegremente regado por umas boas cervejas geladas e um churrasquinho legal, e por uma cantoria no fim do dia.
Um troço deste tamanho, mesmo que inspirado pelo espírito santo, como ouvi o trambiqueiro do Waldomiro dizer, deve ter passado por um monte de setores, departamentos, chefias e bichos assemelhados lá na Prefeitura de Guarulhos.
E a monstruosa obra invadindo e deteriorando ainda mais as condições de vida das pessoas e a Prefeitura, ó, quietinha no seu canto, fazendo-se de morta, morrendo de medo de enfrentar o patifão chapelento e milagrento e suas meias ungidas com seu próprio chulé.
O patifão religioso, sem nenhum entrave, foi obrando a sua coisa e, quando deu merda, e só podia dar merda, a Prefeitura finalmente, se me permitem a palavra grande, botou o pau da lei na mesa e interditou aquela tranqueira.
A Prefeitura já perdeu este jogo.
O patifão do Waldomiro decidiu que não se submete às leis dos homens, mas apenas às porcarias da bíblia que ele próprio interpreta.
A Prefeitura de Guarulhos se borra de medo do inventor das toalhinhas ungidas, das meias com o chulé do profeta e dos martelinhos da justiça.
O templo do picareta veio pra ficar.
Em São Paulo, meus caros, se vocês ainda não perceberam, só quem constrói barracos precários é que será sempre enxotado, com a Polícia Militar sob o comando de um desembargador do TJ-SP, enquanto o pulha que governa o estado, em transe, participa da sua missa dominical.
Por falar nisso, e se não me engano, Alckmin e o prefeito petista estiveram na inauguração do tal templo, e ordenharam obedientes o patifão enganador. Que nojo!
Lembro, para terminar, que aquele padreco aeróbico enganador de merda, Marcelo Rossi, está a construir outra super obra de merda religiosa em plena capital paulista.
Que nojo e, melhor ainda, acatando sugestão mais que apropriada do Neuton Pires, do imperdível Bacucu com Farinha, que nojo perenal
.
Adoro sentir nojo perenal, é o máximo!

2 comentários:

Rosangela Basso disse...

#oremos então a @yoanisanchez, blogueira FDP, mercenária conseguiu o visto , Dilma permitiu a sua vinda ao Brasil, rezemos pois para Raul não permitir.

Ô sodades do Celso

Anônimo disse...

E agora, já em 2013, com 1 ano de fucnionamento do tal templo do tal padre marcelo, a vida de quem mora nas proximidades da tranqueira tem que se virar todo domingo, com a zona que virou aquilo lá... E a prefeitura de são paulo ??? nem tchuns... AGORA que o prefeito é do PT, claro que a grobo e outros almeidinhas vão cobrar soluções... ah ! se vão....abraços
Lais - SP