SOBRE O BLOGUEIRO

Minha foto
Antonina, Litoral do Paraná, Palestine
Petroleiro aposentado e petista no exílio, usuário dos óculos de pangloss, da gloriosa pomada belladona, da emulsão scott e das pílulas do doutor ross, considero o suflê de chuchu apenas vã tentativa de assar o ar e, erguido em retumbante sucesso físico, descobri que uma batata distraída não passa de um tubérculo desatento. Entre sinos bimbalhantes, pássaros pipilantes, vereadores esotéricos, profetas do passado e áulicos feitos na china, persigo o consenso alegórico e meus dias escorrem em relativo sossego. Comendo minhas goiabinhas regulamentares, busco a tranqüilidade siamesa e quero ser presidente por um dia para assim entender as aflições das camadas menos favorecidas pelas propinas democráticas.

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Marina Alaranjada, revisão da CLT e a Bíblia


Marina Alaranjada disse que toma decisões abrindo aleatoriamente a bíblia.

De outra banda, afirmou que "Vamos fazer uma atualização das leis trabalhistas - ainda não temos essa resposta, esse assunto é muito complexo". 


Ela não será eleita, mas imaginemos que tamanho desastre aconteça.


Marina acorda, faz três horas de orações e de gritarias com seu ministério de homens bons, e ela e Neca, a professorinha, retiram-se para decidir sobre a "atualização da CLT", um "assunto muito complexo".


Então abre aleatoriamente o livrão e encontra as respostas todas. 


São muito claras as determinações de Levítico 25, 44-46: quanto aos escravos que tiverdes, virão das nações ao vosso derredor, delas comprareis escravos e escravas. 


Também os comprareis dos filhos dos forasteiros que peregrinam entre vós, deles e das suas famílias que estiverem convosco, que nasceram na vossa terra, e vos serão por possessão. 

Deixá-lo-eis por herança para vossos filhos depois de vós, para os haverem como possessão e perpetuamente os fareis servir, mas sobre vossos irmãos, os filhos de Israel, não vos assenhoreareis com tirania, um sobre os outros.

Mas a nova CLT Alaranjada de Marina terá claras medidas de proteção, conforme se vê em Êxodo 21, 26-27, que determina aos patrões que estes não deverão bater em seus escravos tão severamente a ponto de ferir seus olhos ou seus dentes, desde que, é claro, o servos obedeçam a seus senhores segundo a carne com temor e tremor, na sinceridade do vosso coração, como a Cristo, servindo de boa vontade, como ao Senhor, e não como a homens, (Efésios 6, 5-7).


De modo que, meninos e meninas, fico com Dilma Rousseff que disse que não muda a CLT nem que a vaca tussa.

Um comentário:

Henrique Dias disse...

Olha, não te conheço pessoalmente. Porém concordo contigo, diferentemente da maioria dos antoninenses que conheço bem.
Marina será um desastre maior que o Collor, Jânio, FHC e outros.
Ela pretende misturar política e religião ( dito por ela ) acrescentando filosofia. Está viajando, mais do que o Aécio. Se eleita e colocar seus pensamentos em prática, será a volta para a Roma antiga, onde o imperador era também o Papa.