SOBRE O BLOGUEIRO

Minha foto
Antonina, Litoral do Paraná, Palestine
Petroleiro aposentado e petista no exílio, usuário dos óculos de pangloss, da gloriosa pomada belladona, da emulsão scott e das pílulas do doutor ross, considero o suflê de chuchu apenas vã tentativa de assar o ar e, erguido em retumbante sucesso físico, descobri que uma batata distraída não passa de um tubérculo desatento. Entre sinos bimbalhantes, pássaros pipilantes, vereadores esotéricos, profetas do passado e áulicos feitos na china, persigo o consenso alegórico e meus dias escorrem em relativo sossego. Comendo minhas goiabinhas regulamentares, busco a tranqüilidade siamesa e quero ser presidente por um dia para assim entender as aflições das camadas menos favorecidas pelas propinas democráticas.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção emoção

Não há neste mundo nenhum metro que possa medir ou dar pálida idéia do tamanho oceânico da emoção que senti ao ver, agorinha, no Theatro Municipal de Antonina, meu filho Jean Carlos Fernandes do Nascimento Cequinel atuando no papel central de uma peça que ele mesmo escreveu.  Meu filho é mesmo muito, mas muito lindo.

Tenho definitivo orgulho deste meu menino.

Amo você incondicionalmente, Jean Carlos Fernandes do Nascimento Cequinel.

Um comentário:

DiAfonso disse...

Parabéns, cumpadi Paulo Cequinel!

Sucesso ao Jean Carlos Fernandes do Nascimento Cequinel!

Parabéns pelo pai e grande ser humano que você é!

Grande abraço!